O que são Bolsas de Estudos Filantrópicas?

student-visa[1]

As instituições de ensino superior voltadas à população carente (universidades comunitárias) por lei são forçadas a oferecer bolsas de estudos aos seus alunos em situação de carência social e financeira. Estas são as chamadas bolsas filantrópicas.

As universidades popularmente conhecidas como comunitárias são normalmente as que mais são vistas usando este tipo de bolsa, considerando que a lei as obrigada a oferecer o recurso a seus estudantes em situação de necessidade. Tais instituições de ensino superior não tem objetivos de lucro e atuam focadas exatamente nas ações sociais e de educação. Considerando essa questão é que uma parte do dinheiro obtido nos valores mensais cobrados dos outros  estudantes  é usada para questões de amparo, assistência social e assuntos educacionais, quer seja com atendimento não cobrado em instalações hospitalares, assessoria jurídica e bolsas de estudo.

Mesmo sendo a oferta das bolsas de estudos obrigada pela legislação não existem detalhes estabelecidos na mesma para a maneira como tal distribuição deve se realizar. Cada universiade organiza a divisão como for mais conveniente à sua realidade. Algumas instituições bancam todo o custo dos cursos, condicionado à matrícula do aluno de forma regular e com aproveitamento nos estudos considerado de bom nível e prestação de serviços à mesma ao final do curso. Outras universidades preferem trabalhar com bolsas de de percentuais variáveis em relação ao valor cobrado mensalmente, não gerando dessa forma necessidade de agurdar devolução do valor à instituição quando o estudante quando conclui o curso.

Da mesma maneira em que toda instituição cria uma maneira própria de disponibilizar o recurso, igualmente são  as mesmas quem vão decidir sobre uma forma de processo seletivo que lhes pareça mais operacional. Na maior parte dos casos a prioridade é dos candidatos em situação socioe-conômica mais precária. Entretanto há universidades que vão além da questão da situação financeira, avaliando também a quantidade de presenças e o empenho dos alunos em sala, levando em conta dessa forma suas notas e desempenho em geral. Tais critérios serão levados em conta não apenas para a obtenção de uma bolsa quanto também para que haja continuidade do recurso até o fim da faculdade.